quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

A Subdelegada Capelã Valdinéia de Fátima Rodrigues da BUSF-CPLP da Sucursal Brasil Participou em Ação Humanitária Junto a População Equatoriana no Mês de Janeiro de 2017 pela Organização Voluntários em Campo

O Equador é um dos dois únicos países da América do Sul que não faz fronteira com o Brasil. Sua localização geográfica faz com que o país esteja vulnerável a desastres naturais por estar bem na junção de duas placas tectônicas. O nosso olhar foi direcionado especialmente para este país em abril do ano passado, quando a região noroeste foi duramente atingida por um terremoto que ceifou milhares de vidas, e destruiu inúmeras edificações, além de condenar prédios e casas que serviam de moradia. A população traumatizada emocionalmente ainda precisou enfrentar uma nova realidade, recomeçar a vida praticamente do zero.

Entre os dias 11 e 25 de Janeiro de 2017 a equipe TOH – “Tour of Hope” Equador embarcou dividida em duas frentes: uma no dia 11 de janeiro, com 31 voluntários que seguiram para Quito-Ibarra, e outra no dia 13, com 17 voluntários que seguiram para a região de Manta, expressando de forma prática o amor ao seu semelhante.

O Grupo Quito-Ibarra atendeu vários locais diferentes em solo equatoriano, entre eles: Escolas e comunidades em Pusir, Tumbatú, Ibarra, Comunidades Indígenas Urcuqui e São Roque. As equipes estiveram em um orfanato, numa clinica de crianças especiais, e num Centro de Recuperação de Infratores para Menores. Os voluntários desenvolveram um programa intenso de atividades sócio-evangelísticas, que incluiu atendimentos de saúde, esportes, educação, capelania e visitação. No final foi possível alcançarmos um total de 1.761 pessoas, com as seguintes atividades: Equipe de Saúde = formada por quatro enfermeiros, uma médica e uma fisioterapeuta que atenderam 173 pessoas; Equipes de Esportes e Educação Infantil = alcançaram 1.089 crianças; Equipe de Cuidado da Mulher = alcançou 119 mulheres; Equipes de Capelania e Evangelismo Pessoal = alcançaram 381 pessoas.

Outro Grupo foi o Manta que atendeu vários lugares entre eles: São Vicente, San Alejo, Montecristi, Parque Forestal, Calceta, El Concord, Jipijapa, Lirio dos Valles e Manta. Os voluntários desenvolveram um programa intenso de atividades sócio-evangelísticas, que incluiu atendimentos de saúde, educação, capelania e visitação. No final foi possível alcançarmos um total de 1.659 pessoas, com as seguintes atividades: Equipe de Saúde = Formada por enfermeiros, médicos e dentistas que atenderam 1.113 pessoas; Equipe de Educação Infantil = alcançou 204 crianças; Equipe de Cuidado da Mulher = alcançou 342 mulheres.

A BUSF parabeniza esse sensacional trabalho de apoio humanitário desenvolvido por todos os profissionais envolvidos nos projetos da Organização Voluntários em Campo, e parabenizar nossa subdelegada pela abnegação e esforço em benefício das populações atingidas no equador pelo Terremoto em Abril de 2016. Fazendo que possa se cumprir as prerrogativas do Marco de Sendai de 2015 onde devemos tornar as populações mais resilientes.

Para maiores informações do Programa visitem:

Bombeiros Mirins de Pernambuco da BUSF-CPLP Realizam Visita ao Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Estado

Foi realizada na manhã desta terça-feira (14/02) visita ao Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco, pelos alunos do Projeto União pela Vida de Formação Cidadã da BUSF-CPLP Delegacia Regional Nordeste que acontece na Escola Municipal São Sebastião em Vila Rica Jaboatão dos Guararapes, 27 crianças do Grupamento Cabo Henrique Dias, no local os alunos acompanharam como é o dia á dia dos Bombeiros Militares em seu quartel.

Os alunos conheceram ás dependências do QCG-CBMPE, passando pelo pátio das viaturas, fizeram lanche no Refúgio do Guerreiro, viram os EPIs que são utilizados em casos de incêndio, além de visitarem o Museu do Bombeiro. Todo o circuito foi acompanhado por explicações dos Sgtºs, Lima e Edmilson, da Assessoria do CBMPE, a quem agradecemos pela receptividade e carinho dado aos nossos alunos, também tivemos ao nosso lado o Ten. Werben Monteiro agraciando nossos alunos com sua presença.

Para realização desta visita a BUSF-CPLP contou com as parcerias do 25º Batalhão da Policia Militar de Pernambuco, na pessoa do Srº Maj. Adilson, do Programa Governo Presente nas pessoas das Srªs, Edjane Paiva, Gilvanice Alves e nos acompanhando na visita Srº Eraldo de Souza, do Núcleo de Mediações de Conflitos, a Gestora da Escola Srª Fátima Couto que sempre está ao nosso lado ajudando nosso projeto, a Secretária de Defesa Social, na pessoa do Sgtº. Agrilson, que conduziu com segurança o ônibus, que nos levou a esta visita, a Arena BV Soluções em Network, na pessoa do Srº Carlos Alberto Crespo, que forneceu os lanches de nossos alunos, ao Agente Operacional Felipe Fernandes e sua Noiva Lorena que nos ajudou com todos do passeio e da Srª. Nazaré Souza, Delegada Estadual da BUSF-CPLP em Pernambuco.



Parabenizamos á todos os alunos pelo passeio e comportamento perfeito, como também algumas de suas mães que estiveram presente conosco.

Sandro Marinho
Delegado Regional do Nordeste
BUSF-CPLP
Sucursal Brasil




quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

BUSF-CPLP Participa em Lima no Peru da Criação da Organização RESDIBER – Rescatistas de Iberoamérica juntamente com Representantes do Peru e Argentina.

Emblema RESDIBER
Foi criada oficialmente na cidade de Lima no Peru a Organização Rescatistas de Iberoamérica – RESDIBER com Participação de representantes da Argentina, Brasil e Peru. A Intenção da Instituição é agregar organizações Governamentais e Não Governamentais, com a finalidade de se formatar um Tratado de Assistência Recíproca entre Países e Organizações em situações de Grandes Desastres Naturais ou causados pelo homem. O Representante da BUSF-CPLP o Delegado Regional Sr. João Barbosa foi um dos responsáveis pelas tratativas legais junto ao governo peruano e foi nomeado também Secretário da Organização para o Brasil com o Sr. Eduardo Marcelo Gutierrez Ferrari que foi empossado como Presidente da Organização que terá sua sede no na cidade de Lima no Peru. Nomeado também para ser o Embaixador da RESDIBER no Brasil o Diretor de Relações Internacionais da BUSF-CPLP Sr. Julio Verna Neto. Também foi nomeado o Vice Presidente para o Brasil o Sr. Glenio José Barreto de Freitas Junior e o Sr. Cesar Luiz Oviedo como Vice Presidente para a Argentina, o próximo passo para a organização é abrir a novos membros participantes para o comitê gestor e para o inicio dos processos de criação dos protocolos conjuntos.
Membros Fundadores do RESDIBER - Argentina - Brasil e Peru

A RESDIBER baseará seus trabalhos em acordo aos tratados e convenções acordados entre os países membros da Organização dos Estados Americanos – OEA e da Organização das Nações Unidas – ONU e pautara seus trabalhos para que as populações possam se tornar mais resilientes aos enfrentamentos dos Riscos e Desastres em acordo ao Marco de Sendai para a Redução de Riscos e Desastres 2015-2030. Além de outros acordos e tratados assinados pelos países Ibero Americanos.

A BUSF-CPLP pretende desenvolver uma segunda reunião da RESDIBER no Brasil com a participação de mais países e organizações Governamentais e Não Governamentais para resposta a desastres no Brasil e de demais países interessados em participar da Organização.

Parabenizamos ao Presidente nomeado Sr. Marcelo Gutierrez e aos nossos representantes Sr. Julio Verna Neto Diretor de Relações Internacionais e Sr. João Barbosa Delegado Regional do Sudeste.
Momento da Assinatura da Ata de Criação do RESDIBER - Delegado Regional Sr. João Barbosa
em Lima no Peru

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

CARTA ABERTA – BUSF-CPLP - Estados Unidos da Era Trump com a "Retórica do Ódio" Compromete a Defesa dos Direitos Humanos no Mundo

A BUSF-CPLP entende que cada país é soberano na tomada de suas decisões territoriais e fronteiriças quanto a sua segurança dentro das leis, do direito e obrigações geridas de forma responsável, mas sem deixar de cumprir tratados e convenções internacionais.

Entretanto, negociações e acordos firmados por governos ditos democratas, independente de seus atuais governantes, devem cumprir e fazer cumprir princípios básicos humanitários e de liberdade, dos acordos já internacionalmente firmados. Principalmente quando esses acordos dizem respeito a princípios do Direito internacional e dos Direitos Humanos ou Naturais – com o intuito de respeitar, proteger e garantir o cumprimento de direitos civis, políticos, econômicos, sociais, culturais, ambientais e de preservação da paz para os seus cidadãos, imigrantes ou não ou para refugiados de países em guerra, sem violar princípios e valores fundamentais. Todos baseados nos Direitos Humanos.

O atual governo federal dos Estados Unidos da América vem quebrando sistematicamente acordos internacionais firmados quanto ao abrigo de refugiados e à manutenção de imigrantes em seu território com decretos e ordens executivas discriminatórias de: origem, religiosa e de étnica chegando ao ponto da xenofobia.

Preocupa-nos a posição intransigente deste governo, e quando dizemos governo não queremos dizer nação, mesmo em seus assuntos internos quanto à política desenvolvida para os estrangeiros, visto que essa interfere de várias maneiras e constantemente em decisões de outras nações. Inclusive do não cumprimento dos direitos humanos, o que começa a se espalhar em meio aos países ditos como mais desenvolvidos.

Temos visto que os Direitos Universais e as Garantias Fundamentais têm sidos afetados, negligenciados e não cumpridos em vários de seus princípios, mesmo tendo os Estados Unidos da América, baluarte da democracia e do Direito, assinado acordos internacionais de respeito à vida.

Os Estados Unidos da América, tido como um país livre e democrático deveria dar o exemplo pelo cumprimento de acordos internacionais relevantes aos Direitos Humanos sem prejuízo da sua segurança como território e de seu povo, demonstrando que a superioridade deve ser demonstrada, primeiro em se cumprir acordos entre países, seguindo-se pela preservação da vida e da dignidade de seus cidadãos. Uma nação com todo o poderio militar e financeiro que possui os Estados Unidos deveria manter as relações internacionais para o bem da humanidade, fazendo a diferença para bilhões de pessoas em todo o mundo baseadas simplesmente no direito à vida e suas garantias básicas.

O que nos deixa a todos aliviados é que o governo federal/central americano não é a opinião única naquele país. E pela constituição democrática em que esta nação foi forjada, o Judiciário, o Legislativo e o Executivo Estadual possuem força e autoridade para preservar direitos civis já adquiridos e sem prejuízo à sua segurança interna.

Os Estados Unidos da América como os demais países da América do Norte, Central, do Sul e a da Oceania foram construídos por imigrantes estrangeiros de inúmeras nacionalidades com suor de seus rostos e o sangue de suas mãos e pés por mais de 500 anos de história, construção essa que ainda não terminou. Torna-se muito fácil, hoje, um governo populista simplesmente fechar fronteiras culpando os imigrantes que agora passam a ser indesejados, mas que são abertas para os seus interesses quando a mão de obra e inteligência são fundamentais e necessárias para construir ou reconstruir a sua nação, como estão até hoje fazendo os imigrantes na cidade de New Orleans após a passagem do Furacão Katrina em 2005.

Porém a Nação Americana e seu povo nunca serão superados pelo seu governo


Julio Verna Neto
Diretor de Relações Internacionais
BUSF-CPLP


domingo, 5 de fevereiro de 2017

Curso de Força Tarefa é Lançado pela BUSF-CPLP para mês de Abril de 2017, As Inscrições já Estão Abertas.

Lançado neste sábado dia (03) o Curso de Força Tarefa da BUSF-CPLP, o curso acontecerá em nos dias 29 e 30 de Abril e 1º de Maio na cidade de São Bernardo do Campo em São Paulo. O curso terá apenas 30 vagas e os alunos serão desde o primeiro dia, Imersos em Realidade Simulada em Sala de aula e Campo onde culminara com a organização de uma Força Tarefa para Resposta a um Simulado de Tsunami em uma país da Ásia. A intenção da BUSF é preparar um grupo de profissionais de emergências em conhecimentos necessários para fazer frente a respostas em situações de grandes catástrofes e repassar aos alunos o conhecimento de procedimentos internacionais em âmbito legal, administrativo e cultural em acordo a protocolos firmados pela Insarag ONU. É o primeiro curso dessa natureza no Brasil. O investimento é de R$. 600,00 com toda a infraestrutura logística de ensino, de alimentação, alojamento e estadia aos alunos.

As inscrições podem ser realizadas pelo site da BUSF-CPLP
www.busfbrasil.org.br em Cursos e Seminários

Ou direto no link:



Mais uma vez Membros da BUSF-CPLP Marcaram Presença no Curso de Extensão - Logística de Operações Humanitárias 2017. Realizado pela FATEC de São José dos Campos – SP

Membros da BUSF-CPLP, estiveram presentes na edição 2017 do Curso de Extensão em Logística de Operações Humanitárias, Promovido pela FATC de São José dos Campos – SP que teve o apoio da Defesa Civil e Polícia Militar do Estado de São Paulo. Presentes da BUSF-CPLP, o Diretor de Relações Internacionais Sr. Julio Verna Neto o Coordenador Nacional da Divisão de Radiocomunicação em Desastres: Sr. Fernando Gonçalo também representando como Coordenador Estadual a rede RENER e o Comandante de Operações da Cidade de São Paulo Sr. Jefferson Uandeley que também representou a Cruz Vermelha do Estado de São Paulo. Também presente ao Curso o Presidente da Força Tarefa Brasileira – FTB parceria da BUSF-CPLP o Sr. Galeno Rosa. O curso acontece todos os anos e serve de parâmetros básicos para aqueles que se interessam pela área de logística humanitária, braço importante de atuação nas situações de grandes desastres e de suporte às equipes de resposta operacionais. Parabéns a todos os concluintes do curso e à FATEC de São José dos Campos por desenvolver o programa de treinamento na área de logística.

Delegado do Estado de Santa Catarina Rodrigo Rodrigues Realiza Curso para Membros da BUSF-CPLP no Estado.

O Delegado do Estado de Santa Catarina Sr. Rodrigo Rodrigues realizou em janeiro no dia 25 Curso de Basic Life Suport – BLS para adestramento mensal dos membros da BUSF lotados no estado. O curso visa aprimorar técnicas e manter os voluntários prontos para ações que necessitem ser desenvolvidas quando necessário. Empresário e Instrutor na área de emergências o Delegado Estadual deseja manter periodicamente um quadro de instruções para os membros tanto da BUSF quanto convidados, onde não somente serão ministradas instruções de Atendimento Pré Hospitalar, mas também de salvamento em geral. Para que os membros das cidades do Estado de Santa Catarina possam se inscrever nesses cursos periódicos contate o Sr. Rodrigo Rodrigues pelo WhatsApp: 48 9160-7596.

domingo, 29 de janeiro de 2017

Presidente da BUSF-CPLP, é Nomeado o Presidente Estadual da Liga Democrática Liberal para o Estado de São Paulo

Vice Presidente Nacional, Edival Anchieta
Presidente Nacional da LIGA Sr. Marcelo Machado
Presidente da BUSF-CPLP Bolívar Fundão o
Delegado Regional João Barbosa
e os Delegados Estaduais do Rio Felipe e Marcelo.
O Presidente da BUSF-CPLP, foi nomeado ontem (sábado) no Rio de Janeiro Presidente Estadual do Partido Liga Democrática Liberal - LIGA para o Estado de São Paulo. Apesar da BUSF-CPLP ser uma organização apolítica seus membros tem cada vez mais percebido que as mudanças acontecem somente com politica e essa visão o presidente da BUSF tem passado a seus Diretores e Coordenadores a nível de todas as suas representações dentro e fora do Brasil. 

"Temos que nos envolver com politicas que sejam sérias e que visem o benefício das populações, a minha intenção é contribuir para que possamos unir profissionais de emergência e trabalhar pela politicas públicas que visem atender as necessidades imediatas daqueles que são atingidos por desastres, sejam eles Naturais ou Antropogênicos (causados pelo homem). O Marco de Sendai, Programa de Intenções de Redução de Riscos e Desastres desenvolvido pela Nações Unidas, determina diretrizes que ainda não estão sendo colocadas em prática em nosso país de forma absoluta e responsável, a classe profissional de Bombeiros Civis ainda falta ser regulamentada, faltam politicas responsáveis de Incêndio a nível nacional, nosso país tem apenas serviços de Bombeiros em pouco mais de 14% dos municípios, Na verdade são tantas coisas que devemos desenvolver nesse país na área de resposta a urgências, emergências e resposta a desastres, que somente tendo representações nos poderes que poderemos desenvolver, e a LIGA vem oferecer dentre outras politicas a condição desse profissionais serem assistidos." palavras do Sr. Bolívar Fundão Filho.

esperamos que os profissionais de emergência venha se somar a mais essa ideia, que visa beneficiar antes de tudo os profissionais de emergência em todas as suas classificações e esferas. Outro membro da BUSF convidado a participar desse trabalho que será árduo mas tão necessário é o Delegado Regional do Sudeste o Sr. João Barbosa dos Santos que já está nomeado como Secretário Geral do Partido para o Estado de São Paulo. Sendo que outros profissionais Bombeiros, Samuzeiros Agentes de Defesa Civil já estão se agregando e somando a essa nova ideia.

BUSF-CPLP Realiza Palestra Institucional para Formandos do Curso de Bombeiros Civis do Instituto Polígono de Ensino na Cidade de São Bernardo do Campo - SP

No ultimo dia 23 de janeiro- terça feira, membros da BUSF-CPLP realizaram apresentação institucional da organização aos formandos do Curso de Bombeiros Civis do Instituto Polígono de ensino em São Bernardo do Campo - SP. Além de falar sobre os trabalhos da BUSF, o Presidente da instituição Sr. Bolívar Fundão Filho falou das mudanças da NBR 14.608 e outros temas como a entrada de voluntários para compor os quadros da BUSF-CPLP. Muitos alunos interessados já entraram em nosso site para proceder seus cadastramento. Importante ressaltar também a presença do Delegado Regional do Sudeste Sr. João Barbosa e do Delegado para as cidades de ABCDMRR Sr. Ricardo Rasteiro Rodrigues. Agradecemos ao Diretor do Polígono Professor Marcelo Rosa que também é membro da Diretoria Geral da BUSF.

Para o Presidente da Organização Sr. Bolívar "É muito importante que procuremos visitar instituições formadores de Bombeiros e apresentarmos a BUSF, esses jovens Bombeiros tem na organização uma condição de aprimoramento de técnicas, através das capacitações que são promovidas pela organização periodicamente. esse ano teremos 4 cursos de capacitação na área de Resposta a Grandes Desas, além de mais 4 cursos de aprimoramento de Técnicas de Resgate Urbano." Para todos os membros da organização esses cursos possuem descontos significativos que podem chegar a 50% do valor praticado, além de muitos serem gratuitos.

A BUSF no seu programa de Promoção Institucional fará várias visitas em 2017 a entidades formadoras para promover a instituição. Conforme o Delegado Regional do Sudeste Sr. João Barbosa "A BUSF não forma Bombeiros, essa não é nossa missão, mas procuramos capacitar profissionais já formados na área de resposta a grandes desastres, e isso nos abre uma porta nas escolas de formação já que não somos competidores." Também o Delegado Estadual do ABCDMRR Sr. Ricardo Rasteiro procurou nas suas palavras, convidar os formandos a fazerem parte do Grupo de Voluntários da Região, já que a intenção e formar uma pequena Força Tarefa para respostas imediatas em desastres.

A BUSF parabeniza a todos os formandos e ao Polígono que vem formando a alguns anos com maestria esse novos Bombeiros Civis.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Membros da BUSF-CPLP da Região Sul do Brasil Concluem Curso BREC - USAR-Médium

Membros da equipe da BUSF-CPLP da Região SUL do Estado de Santa Catarina, o Delegado Estadual de Santa Catarina Rodrigo Rodrigues e o Sr. Leandro Perraro, participaram do curso de Formação de Operador USAR BREC entre os dias 20 e 22 de Janeiro 2017, realizado pela VOLUNTERSUL, na Cidade de São Sebastião do Caí/RS, com instrutores CHILENOS ARGENTINOS, o curso teve como conteúdo os protocolos INSARAG 2015 e FEMA, abordando assuntos de Resgate em Estruturas Colapsadas bem como Resgate Urbano, com praticas de avaliação, dimensionamento, gerenciamento, procedimentos administrativos e preenchimentos de formulários INSARAG necessários para operações de campo, acesso a estruturas colapsadas, escoramentos (características e resistências), marcação, contenção em desbarrancamento, deslizamentos, trabalho de transporte de vitimas, SCI – Sistema de Comando de Incidentes, ambientação e Triangulo do Silencio, curso teve carga horária de 72 horas, qualificando a equipe como operadores USAR BREC Médio. Toda essa grade é exigida para as equipes TASK FORCE – Força Tarefa com características USAR – Unit Search And Rescue. Em breve estaremos desenvolvendo o curso de BREC para operadores da região sudeste com os instrutores da BUSF da Região Sul do Brasil.